Mausa SA

em 1975, a Mausa decidiu implantar um conceito de design contemporâneo de alcance internacional, renovando assim toda sua comunicação visual, para isto contratou Alexandre Wollner.

 

a implementação desse conceito foi entregue a Goebel Weyne,  na época sócio do Alexandre no Rio de Janeiro e Glaucio Campello, que elaboraram os principais códigos visuais, e em São Paulo, foi desenvolvido o programa de códigos básicos — sinal/signo, cor, assinatura, tipografia corporativa —, definin-do a forma visual de seus anúncios e folhetos promocionais e institucionais, e também os formatos dos papéis administrativos.

no ano de 2000, com a parceria com Alexandre Wollner, e pelo fato de ter escritório na cidade de Piracicaba, a DGi passa a desenvolver em conjunto os trabalhos da Mausa.

evolução da marca através dos anos